fbpx
Podcast CP #1 | Do transporte a pé ao sistema de metrô – Parte 2

Podcast CP #1 | Do transporte a pé ao sistema de metrô – Parte 2

Na segunda parte da nossa entrevista, falamos sobre as maiores escalas de mobilidade urbana: microtransporte, ônibus, BRT, VLT e metrô.

14 de março de 2019

Na segunda parte da nossa entrevista com Marcos Paulo Schlickmann, falamos sobre as maiores escalas de mobilidade urbana: microtransporte, ônibus, BRT, VLT e metrô.

Marcos Paulo Schlickmann é doutor em sistemas de transportes pelo MIT Portugal, engenheiro civil no departamento de mobilidade e transportes da Câmara Municipal do Porto e colaborador do site desde 2015.


Ouça:

Disponível também em Apple Podcasts, Breaker, Castbox, Google Podcasts, Pocket Cast ou RadioPublic.

Para fazer o download do episódio, clique aqui.


Links do episódio:

Artigos sobre microtransporte no Caos Planejado. 

“Making Public Transport and Housing Match: Accomplishments and Failures of Curitba’s BRT”, Fábio Duarte e Clóvis Ultramari. 

“Evaluation of the traffic control system of open bus rapid transit corridors: an application to the city of Guangzhou”, Dongchen Dai.

VLT de Cuiabá e a incompetência do transporte “Disneylândia”.

Sua ajuda é importante para nossas cidades.
Seja um apoiador do Caos Planejado.

Somos um projeto sem fins lucrativos com o objetivo de trazer o debate qualificado sobre urbanismo e cidades para um público abrangente. Assim, acreditamos que todo conteúdo que produzimos deve ser gratuito e acessível para todos.

Em um momento de crise para publicações que priorizam a qualidade da informação, contamos com a sua ajuda para continuar produzindo conteúdos independentes, livres de vieses políticos ou interesses comerciais.

Gosta do nosso trabalho? Seja um apoiador do Caos Planejado e nos ajude a levar este debate a um número ainda maior de pessoas e a promover cidades mais acessíveis, humanas, diversas e dinâmicas.

Quero apoiar

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.